20 anos do PET Ciências Sociais

© Arquivo pessoal

O Programa de Educação Tutorial – PET – foi criado em 1979, então com o nome de Programa Especial de Treinamento e sob a responsabilidade da CAPES. Em 1999, passa para a Secretaria de Educação Superior do MEC e em 2004 é rebatizado com o seu nome atual.


Neste ínterim, foi criado em 1996 o PET Ciências Sociais (PET-CS) da Faculdade de Ciências e Letras do Câmpus de Araraquara. Seguindo os princípios primordiais do programa, o PET-CS tem muito que comemorar em seus 20 anos de existência. Constituído como um grupo múltiplo e diverso, desenvolve atividades nos três pilares da nossa Universidade – ensino, pesquisa e extensão. Tais atividades, ao mesmo tempo, buscam fortalecer a formação dos discentes através de elaboração e execução de projetos, organização de eventos e participação em atividades extra-curriculares, bem como, proporciona a aproximação da Universidade da comunidade, sobretudo a local. Para o ex-petiano Wuallans Oliveira, o programa foi de extrema importância em sua formação, pois como relata: “O grupo me proporcionou melhor técnica para lidar com as questões acadêmicas, foi através do PET-CS que, inclusive, dei início a minha iniciação científica. O conhecimento que adquiri com o grupo se tornou um diferencial na minha formação.[…]. Quando conseguimos unir elementos do nosso conhecimento científico ao cotidiano da comunidade, através dos projetos de extensão, a atuação do grupo faz mais sentido para mim”.

Como um grupo de educação tutorial em ciências sociais, a diversidade marca a trajetória do PET-CS, o qual já contou com tutores de diferentes áreas do conhecimento que formam o curso. Com o papel de orientar os estudos, discutir diversas situações e conceitos, dialogar com a conjuntura social e viabilizar a atuação para além dos muros da Universidade, o grupo contou com tutores das áreas de: antropologia, ciência política, geografia e sociologia. A cada nova tutoria diferentes projetos são desenvolvidos, mas é a articulação entre as diferentes áreas que, de fato, identifica o grupo.

Atualmente, com a tutoria na área de geografia, as pesquisas desenvolvidas têm discutido a temática da mobilidade urbana, da acessibilidade, dos usos dos espaços públicos e do direito à cidade. Dentro dessa temática, tem-se explorado aspectos sensíveis da questão urbana de forma geral, resultando em atividades de campo, visitas técnicas, apresentações de trabalhos e na elaboração e organização de uma exposição itinerante denominada “Olhares sobre Barreiras”. Tal exposição, buscando ser acessível aos deficientes visuais, conta com texturização das imagens, escritas em braile e áudio descrição por QR Code.

Como uma retrospectiva desses 20 anos, o grupo busca resgatar e documentar sua memória a partir de entrevistas e depoimentos de ex–tutores, ex-petianos e de alguns membros atuais, fortalecendo assim sua própria identidade.
Para além das comemorações, os 20 anos do grupo PET-CS é um momento também de reflexão sobre o processo de formação discente de forma múltipla, papel da universidade junto à comunidade, as dificuldades enfrentadas pelo programa e, olhando para o passado com a perspectiva de construir o futuro, de buscar o aprimoramento das atividades, a melhoria do próprio programa e também contribuições profícuas à sociedade.

__________________

Rafael A. Orsi é tutor PET Ciências Sociais.
Letícia Stamatopoulos é membro do PET Ciências Sociais.

BAIXAR PDF

Authors

One Comment;

*

12 − um =

Top